Ultrapasse a barreira do constrangimento e contrate uma Personal Organizer

Uma das maiores barreiras para contratar uma Personal Organizer é o constrangimento! As pessoas se incomodam com a possibilidade de um desconhecido julgá-lo bagunceiro ou desleixado!

Somos levados a acreditar que temos que ser perfeitos, como profissionais, como pais, filhos, donos de casa, e acabamos nos frustrando por muitas vezes tentar e não conseguir fazer tudo. Para que tudo funcione da melhor maneira possível, podemos e devemos utilizar todos os meios existentes, informações, equipamentos e profissionais. 

Se em casa as coisas funcionarem bem, todo restante tende à funcionar também, é comprovado que uma casa organizada interfere diretamente no desempenho das pessoas, principalmente das crianças e adolescentes, que precisam de limites e rotinas. Como sabemos que o exemplo é o maior pilar da educação, sugiro que rompam a barreira do constrangimento e contratem uma profissional. Desordem não é bagunça, é reflexo da falta de tempo e orientação para que tudo funcione. Não existe motivo para se envergonhar.

Dê o primeiro passo, chame uma consultora de organização, organize, crie rotinas. Alguém pode ter vergonha de ir ao médico por estar doente? Mal comparando, é quase isso, quanto mais tempo levar para diagnosticar e dar o remédio, mais demorada será a cura. Como já disse em outras postagens a organização não é uma obrigação é um talento, quem não o tem, pode arrumar, mas diferente da organização, não se mantém por muito tempo. A organização tem técnica para se manter.

Experimente usar a consultoria de uma Personal Organizer. Se preferir vá aos poucos,

Faça primeiro um cômodo, depois toda a casa, crie uma rotina e depois compare sua vida antes e depois.

Imagem

Anúncios

Especial Feng Shui

Você sabia que a casa, o local onde passamos mais de 1/3 de nossas vidas, influencia e muito na prosperidade?

Abaixo uma série de dicas práticas de feng shui  para você deixar sua casa mais organizada e mais próspera:

 

1) A PROSPERIDADE BATE À PORTA

Para que a ela, a prosperidade, entre totalmente em sua vida, alguns cuidados são necessários:

– A casa deve ter uma numeração de fácil identificação, se não a sorte não vai te achar.

– A porta deve abrir com facilidade e totalmente. Nada de portas emperradas ou com móveis atrás que impedem a abertura total.

Ponha um sino de vento de metal atrás da porta. O sino atrai boas energias.

 

2) A ABUNDÂNCIA BANHA SUA CASA

Para o Feng Shui, toda a casa deve ter um rio calmo e sereno passando diante da porta. O rio irá trazer, para a casa e seus moradores, saúde, prosperidade e alimentos, levando embora as más energias.

– Hoje em dia, nem sempre conseguimos ter um rio em nossas portas. Mas, podemos colocar objetos e quadros que lembrem água.

– Você pode colocar, pelo lado de dentro da casa, próximo a porta de entrada, uma fonte de água ligada, um aquário com peixes, uma gravura ou quadro com um rio, mar e barcos, uma foto de um local que tenha cachoeira ou motivos náuticos. Tudo para atrair prosperidade.

 

3) O FOGO DA PROSPERIDADE

Você sabia que o fogão é considerado o caixa forte ou cofre da casa. Seu elemento é o fogo. É nele que preparamos os alimentos que irão nos dar sustentação e energia no dia-a-dia. Anote alguns cuidados que você deverá ter com o fogão:

– Sempre limpo e impecável

– Todas as bocas e o fogão funcionando bem

– Nada de lixo perto dele, é anti-próspero.

 

4) CUIDADO COM ENTULHO E LIXO

Muitos cuidados para não ficar acumulando e guardando objetos, papéis, roupas e lembranças que não tem mais utilidade e uso. Estes “entulhos ” provocam a energia estagnada, o que atrapalha a prosperidade da casa.

– Faça uma avaliação e limpeza geral. Abra espaço em sua casa e vida. Não se esqueça de colocar o lixo para fora também.

 

5) MUITO VERDE NA CASA

– Abuse de plantas. Elas trazem boas energias.

-Coloque muitas flores amarelas e vermelhas, pois atraem prosperidade e abundância. -Arranjo de girassol também é muito usado para atrair riqueza.

 

6) MESA DE JANTAR

A mesa de jantar, da sala ou da cozinha, é o local onde as pessoas se reúnem para as refeições e para conversar. O Feng Shui a considera um local também de prosperidade.

Coloque sobre a mesa um belo arranjo de flores ou uma fruteira cheia de frutas. Se houver espaço, coloque na parede um espelho para refletir a mesa de jantar e dobrar a prosperidade.

 

7) LADRÃO DA ABUNDÂNCIA

Muito cuidado com os banheiros, são ladrões de abundância. Mantenha sempre a porta do banheiro fechada e a tampa da privada baixa. Já irá ajudar bastante.

Para buscarmos o equilíbrio e harmonia do ambiente e  nosso próprio equilíbrio e harmonia, existem alguns princípios básicos do Feng Shui que devem ser obedecidos.

Os semelhantes se atraem, portanto aquilo que somos é o que iremos atrair.

Devemos organizar nosso ambiente de forma a refletir o que desejamos em nossas vidas. Um  ambiente alegre, saudável, irá  atrair  alegria  e  saúde. Não precisamos encher de espelhos a casa e devemos até ter cuidado com eles, pois não devem nos refletir ao dormir.

A manutenção do ambiente é tão importante quanto a higiene  e saúde  de  nosso  corpo,  portanto   todo  concerto, trocas  de móveis,  trabalho  doméstico  deve  ser considerado  como  um trabalho de amor. Cada ato de melhoria  é  oportunidade  para  mudar  e  aumentar  a qualidade  de  nossa  vida.

Se você possui prestadores de serviços, observe se está satisfeito, se são qualificados e cuidadosos com os objetos e valores que o ambiente possui.

Ao contratar pessoal, utilize o mesmo padrão de exigência que usaria para  contratar uma babá  para seu filho ou um médico  para  sua  cirurgia.

Não mantenha  lixo  acumulado  dentro  dos ambientes, principalmente  na cozinha, que representa o elemento fogo, o qual alimenta a força energética que ativa nossa riqueza ela também representa o coração da casa.

Não mantenha relógios parados em sua casa ou local de trabalho.

 O relógio é símbolo do tempo, sua função é contar o tempo e relógio parado não exerce sua função.

Assim como tudo que contenha água parada, o elemento água deve estar em movimento para que a vida também esteja.  

O espaço externo reflete o  espaço interno,  portanto criando um  ambiente  harmonioso  estamos  trazendo  para nossas vidas  saúde,  sucesso,  bons  relacionamentos  e  prosperidade  é  isso  que  o  Feng  Shui  através  da  distribuição  adequada  da energia  chi  nos   proporciona. 

Imagem

Casa Organizada!

1. Agrupe os objetos de acordo com a função. Juntos são mais úteis e não ficam largados, perdidos ou sem manutenção.

2. Determine Lugares certos para cada tipo de objeto. Os itens que não tem lugar devem ser armazenados num mesmo lugar e devem ser revisados e arrumados periodicamente.

3. Doe, venda, recicle ou jogue no lixo tudo o que for possível. Nada de acumular objetos sem uso.

4. Quem guarda, tem. Mas precisa conservar bem seus pertences.

5. Sua casa deve servir ao seu estilo de vida.

6. Crie rotinas.

7. Limpeza e ordem andam juntas.

8. Manter em ordem é mais fácil do que pôr em ordem .

9. Seja democrático  na distribuição de tarefas entre os moradores da casa. Deixe que cada pessoa encontre sua própria fórmula para ordenar seu espaço e permita que todos opinem nos cômodos principais, como cozinha.

Imagem

Os 7 hábitos das pessoas desorganizadas

Ontem falei sobre os 7 hábitos das pessoas organizadas… hoje o contrário:

 

 “Posso precisar disso um dia” 

O hábito de acumular coisas e de guardar um monte de tranqueiras que não servem pra nada e nunca vão ser utilizadas, é uma das principais causas da bagunça e desorganização.  Mulheres com este hábito estão sempre procurando por mais espaço, mais gavetas, mais armários, mais salas… a má notícia é que nunca haverá espaço suficiente. Em muitos casos, a bagunça tem a ver com o medo de perder memórias ou lembranças, com a preocupação com o futuro ou ainda com a sensação de que alguma coisa ruim pode acontecer. Pode ter a ver ainda com a forma como lidamos com uma perda ou como mascaramos a dor de um trauma recente.

 

 “Pode colocar aí mesmo” 

O hábito de não separar as coisas, não classificá-las ou categorizá-las adequadamente, faz com que nunca exista um lugar certo para colocar um documento ou objeto, e sobra apenas a opção de“deixa por aí mesmo”. Bagunça no estado da arte! Muitas mulheres ocupadas e com o tempo escasso também correm o risco de adotar este hábito e se perderem em meio a papéis e arquivos desorganizados.

 

 “Segunda feira eu vejo isso” 

O clássico e terrível hábito de deixar tudo para depois. Depois eu  vejo, amanhã eu faço, segunda feira começo e por aí vai. A procrastinação (ato de deixar para depois o que deveria ser feito agora) pode ter origem em diversos fatores, como a desorganização  excessiva por exemplo. Outro fator que normalmente leva muitas mulheres e executivas, a procrastinar, é o perfeccionismo. Como diz um ditado popular, o perfeccionismo é o pior inimigo do suficientemente bom. Alguns objetivos e desejos comuns a muitas mulheres como “preciso fazer um regime urgente! Na segunda feira começo” podem ser alcançados com um pouco de organização.

 

 “Eu me encontro na minha bagunça”

O hábito de manter uma bagunça “federal” em suas mesas de trabalho, suas gavetas e seus arquivos vem da ilusão destas desorganizadas, que sempre acham que encontrão as  coisas no meio do caos. Na verdade, a falta de noção, não saber por onde começar, ou mesmo a falsa ideia de que organizar vai tomar muito tempo, acaba forçando a decisão de que é melhor deixar  tudo como está.O que as mulheres que pensam assim se esquecem, é que tudo pode piorar, sempre.

 

 “Uso sempre minha super memória” 

Um ser iluminado! Tem o hábito de contar sempre com sua memória de elefante.  Muitas vezes porém, precisa lançar mão da memória alheia. Não utiliza agenda e não tem o costume de marcar compromissos ou registrar lembretes. Mulheres com este hábito, estão sempre  estressadas e pior,estressando aqueles que convivem com elas. O uso correto da agenda é fator fundamental para que possamos deixar nossa mente livre para raciocinar e trabalhar nas coisas  importantes.

 

 “Desculpe o atraso” 

O hábito de deixar tudo para a última hora, e não planejar e programar suas atividades, faz com que pessoas assim percam a noção e senso no uso do tempo, e por conta disso estão sempre atrasadas para os seus compromissos ou perdendo prazos para entrega de trabalhos.
 Doenças repentinas, pneus furados, congestionamentos “monstro” e outras desculpas esfarrapadas estão sempre na sua lista. Especialmente as mulheres ocupadas e que  estão sempre cuidando de várias coisas ao mesmo tempo, o planejamento e o controle da agenda são fundamentais para garantir o gerenciamento do seu tempo.

 “São Longuinho, São Longuinho”

 Bem, nem sempre o Santo está à disposição, e o hábito de perder documentos, arquivos no computador, chaves, sapatos, faz com que estas pessoas tenham muito retrabalho e muito stress adicional, afetando de forma impiedosa sua produtividade.

 

Imagem

Mitos e Fatos sobre Organização dos Armários e Closets

Mito: Preciso de mais salas, mais closets e mais espaço de armazenamento antes de conseguir me organizar. 
Fato: organizando o espaço que você tem, ganha sala, closet e área de armazenamento extra que estava buscando.

Mito: Acabei de pagar uma pequena fortuna para ter meu closet organizado, então por que está uma bagunça de novo? 
Fato: o closet não foi “organizado”, foi remodelado. Novas prateleiras e suportes podem ser vítimas da mesma desordem e confusão tanto quanto as antigas.

Mito: Devo ter muita roupa e não há espaço suficiente no closet, porque perco tempo toda vez que tento encontrar algo. Gasto muito dinheiro em meu guarda-roupa e minha conta da lavanderia é exorbitante, mas todos os dias tenho que passar a ferro minha roupa, porque está amarrotada quando a tiro do closet. Não tenho tempo para nada disso. 
Fato: organização arruma o vestuário uniformemente ao longo do varão de roupas, eliminando o amontoamento e compressão que causam os amarrotados. Organizar as posições de roupas e acessórios para visibilidade e acessibilidade instantâneas.

Mito: É mais fácil comprar outro item do que preciso, do que gastar metade do dia pesquisando por um que está fora em algum lugar. 
Fato: compras dos mesmos itens e produtos repetidamente é uma ocorrência comum quando você é desorganizado. É uma admissão de defeito, visto que permite a bagunça controlar você em vez de controlá-la. Compras repetidas também perpetuam o problema original de muita bagunça.

Imagem

Organize-se no trabalho e seja mais produtivo

Começando agora – arrumando a mesa e as gavetas

 Algumas pessoas têm medo de descartar coisas que possam fazer falta no futuro, enchendo a mesa e as gavetas de inutilidades. Se você não faz uma arrumação há muito tempo, separe os seus documentos em três pilhas:

Ação imediata: documentos que precisam ser solucionados hoje.

Ação posterior: papéis que devem ser resolvidos em uma semana.

Nenhuma ação: arquivo ou lixo.

Faça uma revisão periódica de seus documentos, sempre considerando o fator tempo. Deixar passar uma ação imediata pode trazer sérios prejuízos pessoais e organizacionais.

 

Organizando o local de trabalho.

 Administrar de forma eficiente o local de trabalho não significa necessariamente torná-lo livre da papelada, mas de fato, torná-lo prático e funcional.  Livros, revistas e arquivos ficam mais bem acomodados em estantes. Se for possível, elimine da mesa tudo que não está utilizando.

 

Arquivo e estantes.

 Adote um critério para catalogar arquivos e livros, ordenando por assunto ou alfabética. Isso vai ajudar bastante na hora que precisar fazer uma pesquisa.

 

Anotações.

 Evite anotações em pequenos papéis, reduzindo as chances de extravio. Se sua agenda não possui um espaço para “registros diários”, mantenha um bloco com espiral ou caderno para suas anotações cotidianas, como telefones, recados, ideias, etc.

 

Fluxo de Papéis.

Se você não tem secretária, anote sempre a data de recebimento de um documento. Mantenha uma “pilha” de entrada, outra para casos em andamento, outra para arquivo e uma de saída. Selecione os papéis em andamento e esvazie as caixas pelo menos uma vez por semana.

 

Correspondência.

Determine um horário diariamente para verificar a correspondência, e pergunte-se “qual a providencia a ser tomada”. Se não há nenhuma, jogue no lixo. Evite o duplo manuseio.   

 

Gerencie suas Tarefas.

Faça uma lista das tarefas, dividindo-as em urgentes e importantes. Estabeleça qual a prioridade de cada uma e determine uma data de conclusão. Se você trabalha com computador, o Microsoft Outlook é uma excelente ferramenta, caso contrário uma folha de papel ajuda bastante.

 O importante é deixar suas tarefas sempre à vista. Após iniciar uma tarefa, por mais desagradável que seja, vá até o fim e lembre-se de marcar as tarefas já concluídas.

 

Lixo.

 Não tenha dó de jogar inutilidades fora. É menos estressante manter a mesa limpa e a lixeira cheia.

 

Planejando o seu dia.

Dedique pelo menos quinze minutos no final da tarde ou no inicio da manhã para planejar e organizar o novo dia de trabalho.

É mais simples adotar uma disciplina diária do que perder horas arrumando uma bagunça acumulada.

 

Agendando suas atividades.

A agenda é um instrumento fundamental para planejar e gerenciar suas atividades diárias. Ela pode ser eletrônica (computador, palm, etc.) ou papel. Escolha a que for mais confortável e adequada ao seu estilo pessoal.

Mas cuidado para não ser excessivamente rígido com sua agenda, “sobrecarregando” seu dia. Deixe brechas para interrupções inesperadas, um café com o chefe ou conversas informais com colegas.

Assim, quando elas ocorrerem, não serão consideradas interrupções.

 

Não se afobe com a bagunça.  

Manter a calma é fundamental. Afobar-se com a bagunça só gera ansiedade e mais estresse.

 

Faça uma limpeza na sua área de trabalho.

Há itens em seu escritório que você eliminaria se tivesse tempo para fazê-lo? Claro que há. E provavelmente isto é uma verdade para todas as pessoas que trabalham com você.

Um Dia de Limpeza em seu espaço de trabalho é muito importante, pois o gerenciamento de papéis e informações é uma parte essencial do dia-a-dia da maioria dos negócios e das atividades de qualquer pessoa, e não deve ser banido para “algum sábado”. Se ainda não fez, faça isto no início do ano ou aproveite um tempinho nas férias, se for o caso. Lembre-se: ano novo vida nova!

Escolha um dia especial para esta tarefa e marque em sua agenda. Se não for nas férias, pode ser um dia da semana mais calmo ou uma época em que suas demandas de trabalho estão mais tranquilas. Faça isso agora! Agende Já!  Prepare-se também para encontrar papéis e documentos há muito desaparecidos. Garanto a você que após o trabalho terminado você se sentirá muito bem. Se precisar de motivação extra, defina um prêmio que dará a si próprio após a conclusão da tarefa.

Planeje um dia separado para a limpeza de seus arquivos de computador. (esta limpeza deixará seu computador mais rápido, com mais espaço, mais organizado).

 

Como se preparar.

Providencie pastas de arquivo, visores e etiquetas e caixas de arquivo morto, se for o caso. Sacos ou caixas para lixo (acredite você vai precisar disso).
Avise sua secretária ou seus pares que você estará ocupado com isto neste dia. Se for o caso, incentive-os a fazer o mesmo.

O que jogar fora – a arte de jogar o lixo no lixo – O que guardar

Pergunte-se a si mesmo as seguintes questões: Isso requer alguma ação minha ou de outra pessoa? – Isto já existe em outro lugar ou formato? – É recente o suficiente para ser útil? – Posso identificar uma utilidade específica para isso? – Será difícil consegui-lo novamente? – É um documento legal que exija que eu guarde? – O documento está desatualizado e pode me causar problemas desnecessários? – Mais alguém pode precisar desta informação?

Se  você respondeu não a estas oito questões, descarte! Se mesmo tendo respondido não ainda não estiver confortável em jogar fora, pergunte-se ainda: Qual a pior coisa que pode acontecer se eu jogar isto fora? Se der pra conviver, descarte.

 

 Onde Guardar

Se você escolher guardar o papel ou pasta, coloque-os em uma das seguintes grandes categorias:

 – Pastas de ação, que você deve guardar em sua mesa ou em um armário ou prateleira próxima a sua mesa. 

 – Pastas de Referência Atuais, que são usadas ou podem ser usadas para projetos correntes e devem estar facilmente acessíveis de sua mesa.
 – Pastas de Referencia Antigas (histórico ou arquivo), que não são necessárias para projetos atuais, mas são necessárias de serem mantidas por razões históricas ou legais. Estas não precisam estar prontamente acessíveis.

 

Como eu guardo

–          Use pastas suspensas sempre que possível. Se você espera remover apenas uma folha de papel por vez da pasta, você não vai precisar de subpastas para ser colocadas dentro da suspensa. Se você espera tirar todo o conteúdo de uma pasta suspensa, utilize subpastas.
 – se as subpastas são utilizadas como subdivisões, etiquete cada uma delas com sua categoria e subtítulo. Quando a pasta ficar muito grossa, use pastas de caixas de arquivo.
 – Use cores apenas se elas fizerem sentido (por exemplo, todas as pastas administrativas são vermelhas e as pastas de programas são verdes).
 – Grampeie ao invés de usar clipes de papel.
 – Timbre ou escreva “Pasta Cópias – Não mexa” em qualquer item quando aplicável. Anexe à cópia de um formulário ou qualquer coisa usada para fazer cópias adicionais em um protetor plástico de folhas.
 – Certifique-se que todos os papeis tenha data, e arquive-os em ordem cronológica com o item mais recente à frente da pasta.
 – Quando usar visores plásticos escolha os transparentes ou os de cor clara para fácil leitura. Coloque os visores na frente das pastas suspensas.
 – Quando estiver etiquetando as subpastas, coloque o nome da pasta o mais próximo possível do topo do visor. Se estiver usando etiquetas coloridas, você pode minimizar a possibilidade de papeis arquivados esconderem o título da pasta posicionando a etiqueta com a cor na borda inferior e o nome da pasta na superior.
 – Se você criar um novo título de pasta certifique-se de adicioná-lo em seu índice de pastas.
 – Deixe pelo menos oito centímetros de espaço em cada gaveta para pastas adicionais.
 – Etiquete o lado de fora dos armários de arquivo com seu conteúdo.

 

Que nome colocar

– Cheque o Índice do Arquivo para ver se já existe alguma pasta apropriada aos papeis que quer arquivar. Se não existe, estabeleça uma nova pasta se perguntando: Em que palavra eu pensaria primeiro se eu quisesse ou precisasse recuperar esta informação?
 – Se você não tem um índice de Arquivo, crie um agora. Crie um índice à medida que faz as coisas, ao invés de começá-lo depois. Isso será mais rápido e evitará fazer uma pasta “Automóvel” quando já tem uma chamada “carro”.

 

Preparados para organizar o ambiente de trabalho? 

Ótima Organização!